12 mnemônicos de direito para otimizar seus estudos

Tempo de leitura: 6 minutos

Quem nunca se perguntou frente as montanhas de livros para ler e toneladas de leis para aprender: “como eu vou memorizar toda essa matéria?”. Essa é uma pergunta muito recorrente. Afinal, o conteúdo do Direito é bastante extenso. Então, como fazer para poder ter um melhor aproveitamento no seu momento de estudo para concursos? Existem algumas técnicas de memorização que podem te auxiliar neste momento. Uma das principais delas, que falaremos neste texto, é a dos mnemônicos.

O que é um mnemônico?

Mnemônico significa recordação em grego. Na prática, ele é qualquer processo utilizado para tornar a memorização mais eficaz, seja por criação de músicas, rimas ou pela associação de imagens relacionadas ao tema que você está tentando recordar. Ou seja, quando você utiliza gráficos para estudar ou até mesmo quando fica repetindo a mesma coisa em voz alta, tentando criar uma melodia entre as palavras, você está utilizando técnicas mnemônicas.

Como esta técnica funciona?

A memória é uma das coisas mais incríveis do ser humano. Muitas vezes, descobrimos coisas em nossa mente que nem sabíamos que estava lá. Por exemplo: depois de muitos anos você encontra a escova de cabelo da sua vó falecida, ao tocá-la e sentir o seu cheiro, começa a se lembrar de um dia que ela fez biscoitos quando estava triste ou ainda de uma carta que fez para ela quando era pequeno. 

Talvez se você parasse um dia para tentar se lembrar de tais coisas, não se recordaria. No entanto, ao encontrar um objeto ligado a algum elemento ou pessoa, a memória é ativada.

Isso acontece, porque a nossa memória é baseada em gatilhos, associações que criamos inconscientemente e que nos levam a acessar recordações no nosso subconsciente. Os mnemônicos têm o objetivo de fabricar esses gatilhos mentais, tornando mais fáceis para um estudante, por exemplo, acessar o conteúdo necessário para resolver uma questão de Direito Constitucional, por exemplo.

Tal técnica tem ganhado bastante seguidores, pois as pessoas estão suscetíveis ao esquecimento, principalmente, quando são expostas a uma grande quantidade de conteúdo. O mnemônico é bastante eficiente, quando pensamos, por exemplo, na curva de esquecimento do ser humano.

Essa curva mostra que aos poucos o conteúdo lido vai sendo esquecido, sendo que ao final de um mês, uma pessoa consegue se lembrar muito pouco sobre aquele assunto. Ficou curioso e quer saber como aplicar esta estratégia e lembrar de tópicos fundamentais? Confira no tópico a seguir como se preparar.

Como montar um mnemônico?

Como dito acima, um mnemônico é qualquer técnica que te ajude a memorizar melhor um conteúdo. Normalmente, quando relacionado ao estudo de matérias do Direito, o mnemônico se refere a técnica de abreviação de palavras e formação de frases através de sufixos ou prefixos.

Para fazer isso, é necessário basicamente ter bastante imaginação e assim conseguir abstrair das palavras, abreviações prefixais ou sufixais que juntas formem uma frase ou palavra nova que faça sentido para você.

Por exemplo, se for preciso guardar os princípios administrativos expressos na Constituição Federal no artigo 37, você pode utilizar o mnemônico L.I.M.P.E, que se refere aos princípios da:

  • L: Legalidade
  • I: Impessoalidade
  • M: Moralidade
  • P: Publicidade
  • E: Eficiência

Conheça agora alguns dos principais mnemônicos de Direito Administrativo e Constitucional.

Quais os principais mnemônicos de Direito Administrativo?

R.U.C.O

Se refere as características que devem estar presentes nos costumes que podem ser aceitos futuramente como fontes do Direito Administrativo:

  • R: Reiterado
  • U: Uniforme
  • C: Contínuo
  • O: Obrigatório

HI.PO.DI DI.VI.NO

Leia como “iPod Divino” para facilitar a memorização. Se refere aos poderes da Administração Pública:

  • HI: Hierárquico
  • PO: Polícia
  • DI: Disciplinar
  • DI: Discricionário
  • VI: Vinculado
  • NO: Normativo

DIS.CO AUTO

Se refere aos atributos do poder de polícia:

  • DIS: Discricionaridade
  • CO: Coercibilidade
  • AUTO: Autoexecutoriedade

SU.PER. I.RES.ponsável

Se refere a ordem das consequências dos atos de improbidade administrativa para o agente público:

  • SU: Suspensão dos direitos políticos
  • PER: Perda da função pública
  • I: Indisponibilidade dos bens
  • RES: Ressarcimento ao erário

M.A.R.T.E

Se refere as finalidades dos atos jurídicos em relação aos direitos:

  • M: Modificar
  • A: Adquirir
  • R: Resguardar
  • T: Transferir
  • E: Extinguir

N.O.N.E.P

Se refere aos tipos de atos administrativos:

  • N: Normativos
  • O: Ordinatórios
  • N: Negociais
  • E: Enunciativos
  • P: Punitivos

Quais os principais mnemônicos de Direito Constitucional?

SoCIDIVaPlu

Se refere aos fundamentos da República, constados no primeiro artigo da Constituição:

  • So: Soberania
  • CI: Cidadania
  • DI: Dignidade da pessoa
  • Va: Valores sociais do trabalho e da livre iniciativa
  • Plu: Pluralismo político

CAPACETE de PM

Se refere as competências legislativa privativa da União, constado no artigo 20 da Constituição:

  • C: Civil
  • A: Agrário
  • A: Aeronáutico
  • C: Comercial
  • E: Eleitoral
  • T: Trabalho
  • E: Espacial
  • P: Processual
  • M: Marítimo

R.I.C.C.I

Se refere as ações que levam a perda ou suspensão dos direitos políticos, constados no artigo 16 da Constituição:

  • R: Recusa a cumprir obrigação imposta a todos
  • I: Improbidade administrativa
  • C: Cancelamento da naturalização
  • C: Condenação criminal
  • I: Incapacidade civil absoluta

SoProLiDeReBuTra

Se refere aos princípios gerais da atividade econômica, constados no artigo 170 da Constituição:

  • So: Soberania nacional
  • Pro: Propriedade privada
  • Li: Livre concorrência
  • De: Defesa do consumidor e do meio ambiente
  • Re: Redução das desigualdades regionais e sociais
  • Bu: Busca do pleno emprego
  • Tra: Tratamento favorecido para empresas de pequeno porte

MP3.COM

Se refere aos cargos que são privativos de brasileiros natos, constados no artigo 12, parágrafo terceiro da Constituição:

  • M: Ministro do Supremo Tribunal Federal
  • P: Presidente e Vice-Presidente da República
  • P: Presidente da Câmara dos Deputados
  • P: Presidente do Senado Federal
  • C: Carreira Diplomática
  • O: Oficial das Forças Armadas
  • M: Ministro de Estado da Defesa

PenEU TriFi

Se refere a competência legislativa concorrente, consta no artigo 24, inciso um da Constituição:

  • Pen: Penitenciário
  • E: Econômico
  • U: Urbanístico
  • Tri: Tributário
  • Fi: Financeiro

Obviamente, essa técnica será pouco útil se você não souber a matéria. Apesar de ser um bom auxílio, ela não faz milagres. Por isso, é muito importante primeiro entender e aprender o determinado assunto. E só depois, fazer uma revisão, utilizando os mnemônicos. Certamente assim, o seu estudo será muito mais proveitoso.

Curtiu as dicas sobre mnemônicos? Acha que pode te ajudar nos seus estudos daqui para frente? Então, compartilhe este artigo nas suas redes sociais com os seus amigos, para que eles também possam tirar proveito dessa técnica matadora.

12 mnemônicos de direito para otimizar seus estudos
3.3 (65%) 4 votes

Sobre Concurseiro Paulista

Sou ex-Oficial Aviador da Marinha e bacharel em Ciências Militares pela Escola Naval.Sou um dos responsáveis pelo site Concurseiro Paulista que já tem 16 anos de história. Venho nesse Blog passar toda a minha experiência, pois já consegui ser aprovado em 33 Concursos Públicos, entre eles Delegado Civil e Federal e tantos outros. A nossa missão e compromisso é ajudar você ser aprovado também.