Diferença entre professor de concurso e tradutor de uma disciplina

Tempo de leitura: 3 minutos

Para ser considerado professor de concursos, tem que ter como requisitos todas formações curriculares, títulos para a sua área.

Quem ministra aulas de Direito, o mínimo do mínimo é ter uma graduação e mesmo assim não é o ideal, tinha que ter um mestrado.

Atualmente ocorre uma febre de pessoas que não tem qualquer formação jurídica ministrando aulas de Direito e colocando em risco a sua aprovação em concurso. Esses professores geralmente aparecem em concursos do baixo clero como Tribunais – Analista e Técnico- e Carreiras Policiais- os de nível de ensino médio-, que são provas de complexidades mais baixas.

Isso são os chamadores tradutores de disciplinas.Geralmente tem boa oratória, mas não tem nenhuma  graduação para aquela disciplina fim e assim coloca a sua preparação para concurso em risco.

Isso virou uma febre, várias pessoas que não tem especialização nenhuma ministrando aulas.

O que mais é estarrecedor é a OAB fechar os olhos para isso,  é ilegal. Viola claramente a LEI Nº 12.014, de 6 de Agosto de 2009.

-Ahhh Carlos Gusmão, para de viajem. O meu “professor” não tem graduação de Direito, mas é fo..da em Constitucional

-Meu caro amigo, ledo engano.A parte básica é tranquilo, se complicar um pouco, aumentar um cado a complexidade dos concurseiros, os mais antigos, que se estudam para Magistratura fazer perguntas, ele vai ficar em saia justa. Não vai conseguir ministrar as aulas, se eles arrocharem ele com perguntas difíceis ou que  nunca viram na sua vida.

Antes de assistir qualquer aula, veja a formação do professor, isso é o básico do básico.

Sei que tem diversos professores que tem vários títulos, mas suas aulas são uma porcaria, faz parte. Nesse caso, passe para outro professor. Agora  ousar assistir aulas de “professores” sem título nenhum, está colocando a sua classificação no concurso em risco.

Concurso Público está virando uma zona e por isso que tem um monte de gente que estuda e estuda, mas não passa em nada.

Já vi de tudo…

É Sargento dos Bombeiros que não é formado em Matemática ministrando aulas de Raciocínio Lógico Matemático.

É ex-Tenentes do Exército ministrando aula de Direito, mas não tem graduação. E outro dá aula de Economia, mas que não é bacharel dessa disciplina.

É Gari ministrando aulas de Português, mas é só formado em pedagogia.

E até um caso inusitado. Um tatuador profissional e Dançarino de lambaeróbica que dá aula de Atualidades, mas nunca fez uma graduação na sua vida, só o Ensino Médio. Passou bem longe das cadeiras de Geografia e História numa faculdade.

E não é só esses, além desses, tem uns 13 casos esquisitos e os senhores vão ficar chocados.

Aí depois nego fala que sou negativo e só falo besteiras. Eu falo a realidade, é fato.

Não ponha a sua aprovação em risco, antes de se inscrever em um curso preparatório, veja o currículo do professor para aquela disciplina fim. Se não tiver, saia fora, é furada.

Quem se matriculou em algum curso e o professor não tem todos títulos necessários,  você pode entrar na justiça e solicitar indenização por isso, pois você foi enganado. É causa ganha fácil de ganhar, é ilegal, é crime.

Diferença entre professor de concurso e tradutor de uma disciplina
5 (100%) 1 vote

Sobre Concurseiro Paulista

Sou ex-Oficial Aviador da Marinha e bacharel em Ciências Militares pela Escola Naval.Sou um dos responsáveis pelo site Concurseiro Paulista que já tem 16 anos de história. Venho nesse Blog passar toda a minha experiência, pois já consegui ser aprovado em 33 Concursos Públicos, entre eles Delegado Civil e Federal e tantos outros. A nossa missão e compromisso é ajudar você ser aprovado também.