Já pensou em trabalhar na ABIN? Veja como funciona o concurso público e quais são as vagas disponíveis

Tempo de leitura: 6 minutos

O principal órgão de inteligênca brasileiro se chama ABIN, um órgão de imensa importância para tomada de decisões em toda nossa nação. Enquanto muitas pessoas têm interesse de ir trabalhar nele, é necessário passar em uma prova de concurso público para conseguir entrar em um órgão de tamanha importância.

Para identificar melhor a importância, competência e cargos da ABIN, é uma boa ideia também analisar um pouco de sua história, influência e função no Estado do Brasil.

O que é a ABIN e qual suas atribuições e funções?

A ABIN (Agência Brasileira de Inteligência), núcleo central do gabinete de segurança institucional é o órgão de inteligência que representa o Estado do Brasil. Esse órgão é de tremenda importância, pois é ele quem produz os conhecimentos que são repassados à presidência da República do Brasil, que então toma decisões pertinentes ao caso.

A ABIN também é o órgão centralizado do Sistema Brasileiro de Inteligência (SISBIN), cujo principal objetivo é coordenar, planejar, supervisionar, controlar e executar as atividades pertinentes a inteligência do país.

Diferentes das comuns agências reguladoras, a ABIN não é uma autarquia. De acordo com a Lei número 9.883, a ABIN é um órgão da Presidência da República. A principal finalidade da ABIN é auxiliar o presidente da República do Brasil, em questões pertinentes ao Estado e a sociedade, lidando com o fluxo de inteligência que chega as mãos do presidente.

O controle de inteligência é um trabalho meticuloso e denso, capaz de mudar o fluxo total de ações e estratégias de diversos campos da nação em um pouquíssimo tempo, e justamente por isso o peso dos dados obtidos pela ABIN são tão claros.

Dentre as competências do universo específico de trabalho da ABIN, temos o planejamento e execução de ações, até mesmo as ações sigilosas pertinentes a análise e obtenção de dados e inteligência destinados somente a assessorar o vigente Presidente da República.

Além disso, é de responsabilidade e competência da ABIN a o planejamento e execução de medidas de segurança e proteção a conhecimentos sensíveis, principalmente quando relacionados à segurança do Estado do Brasil, e de toda sua sociedade.

A avaliação de ameaças, tanto externas quanto internas, à ordem constitucional, juntamente com o promover do desenvolvimento de doutrinas de inteligência e de recursos humanos, além de realizar pesquisas e estudos para o aprimoramento das atividades relacionadas a inteligência e o aprimoramento da atuação da mesma em nosso país.

Na prática, a ABIN é o órgão que protege todo o território brasileiro com relação a ameaças e potencialidades, tanto ameaças internas quanto ameaças externas.

Por que a diferença de denominação “Inteligência” e não “Informação”?

É uma questão puramente de terminologia utilizada, no caso. Se utiliza o termo “inteligência” quando se fala da produção de conhecimentos que são voltados para a segurança do Estado nacional e da sociedade pertencente a ele.

Por que a ABIN existe nos dias de hoje?

Muitos questionam a necessidade de uma agência de inteligência em território brasileiro, porém o trabalho de uma agência de inteligência também protege um país contra ações de empresas internas que possam tentar obter a soberania de estados, serviços e afins.

Além disso, a ABIN serve também como uma forma de mediar, complementar e apoiar as demais estruturas que compõe os governos do estado brasileiro, servindo como ferramenta que dispõe inteligência interna, permitindo medidas mais eficazes contra qualquer ação que possa tentar opor a constituição.

Apesar das relações presidenciais, a ABIN é uma instituição que não possui atribuição político-partidária, sendo somente um instrumento do Estado brasileiro, disposto a todos os sucessivos governos que venham a atuar no Brasil, independente de suas regentes ideologias.

Um erro comum é pensar que a ABIN também funciona como uma polícia, podendo prender, interrogar e custodiar criminosos. Isso é um mito, assim como é também ilegal a ABIN fazer escutas telefônicas.

Atuação internacional

A ABIN pode sim ter intercâmbio de conhecimentos e partilha de inteligência, porém somente quando os interesses nacionais convergirem com o interesse de outros países, e quando o Presidente da República julgar conveniente e pertinente a ação de partilha de informações visando objetivos nacionais.

Concursos públicos para a ABIN

O meio mais eficaz de se selecionar membros para trabalhar na ABIN é certamente o concurso público, pois contém fazes e provas que permitirão que quem entre na ABIN seja não somente eficaz e centrado, como terá as competências necessárias para conseguir proteger e organizar as informações para os órgãos públicos do Brasil.

O processo de concurso público para entrar na ABIN é um pouco diferente de concursos públicos comuns, compreendendo além de uma avaliação escrita, uma investigação social para identificar diversos aspectos sociais do membro que deseja entrar na ABIN, e após isso uma avaliação médica, seguida de uma avaliação psicológica.

Alguns cargos da ABIN exigem que o também seja feita uma avaliação de capacidade física, apesar de não serem todos os cargos. Por fim, todos que querem fazer parte da ABIN precisam também ser aprovados no Curso de Formação em Inteligência (CFI).

Os últimos 3 concursos públicos da ABIN foram em 2010, 2008 e 2004, então é visível que há uma grande frequência de concursos públicos. O concurso de 2010 foram para cargos de oficiais técnicos e agentes de inteligência, enquanto para o de 2008 foram para oficiais e agentes de inteligência.

A ABIN solicitou a abertura de um concurso público para o ano de 2016, porém a abertura desse concurso não foi autorizada pelo Ministério de Planejamento, Orçamento e Gestão (ou MPOG), então há uma grande chance de um concurso também ser requisitado nesse ano.

 

A ABIN é um órgão de imensa importância para todo o Estado do Brasil, sendo responsável por tomada de decisões de imensa importância e peso em todo o país. Esse órgão adquire inteligência, se relacionado com 38 órgãos que integram o sistema que atende as necessidades da presidência da república vigente.

Tenha em mente quando for prestar o concurso público, que o conhecimento sobre a ABIN e suas ações poderá e provavelmente será questionado.

Comentários

comentários

Sobre Concurseiro Paulista

Sou ex-Oficial Aviador da Marinha e bacharel em Ciências Militares pela Escola Naval.Sou um dos responsáveis pelo site Concurseiro Paulista que já tem 16 anos de história. Venho nesse Blog passar toda a minha experiência, pois já consegui ser aprovado em 33 Concursos Públicos, entre eles Delegado Civil e Federal e tantos outros. A nossa missão e compromisso é ajudar você ser aprovado também.