Biologia para quem já saiu do ensino médio há muitos anos

Tempo de leitura: 6 minutos


Reviewed by:
Rating:
5
On 10/07/2017
Last modified:10/07/2017

Summary:

Talvez uma das matérias que mais assustava os alunos do ensino médio, a biologia é a ciência que estuda todos os seres vivos. Essa palavra é a junção de outras duas palavras do grego, a primeira é bios que significa vida e a segunda palavra logos, significa estudo.

Mas esse é um estudo muito abrangente, e pode ser um problema para aqueles que pretendem prestar para algum concurso público. Talvez sejam os traumas do ensino médio em relação a biologia ou seu vasto conteúdo, quando se pretende estudar biologia é preciso montar uma estratégia para que não se perca o valioso tempo.

Os temas de biologia para estudar

Mas não adianta falar das estratégias de estudo sem saber o que estudar em biologia. É preciso saber também seus temas.

A biologia é dividida em diversos ramos. E foram separados os mais usados em concursos públicos, para você que saiu do ensino médio há muito tempo.

Um dos temas é a zoologia, ramo da biologia que tem seus estudos voltados para os animais. Nele os estudos são focados em sua estrutura, evolução, fisiologia e classificação desses seres vivos. Temos como exemplo de classificação de estudos a mastozoologia, que estuda os mamíferos, também temos a entomologia e a ornitologia que estudam os insetos e as aves.

No estudo de classificação, a sistemática, nos encontramos 8 divisórias, são elas: O domínio, o reino, o filo, a classe, a ordem, a família, o gênero e a espécie. Essa ordem é mantida sempre igual, para facilitar na interpretação e identificação do animal por qualquer estudioso da área, se tornando uma ordem padrão.

Além do estudo dos animais nós temos o estudo da biologia vegetal, a botânica. O estudo da botânica é inclusive responsável pela compreensão de muitas plantas e no seu uso para a medicina e em outras áreas.

As plantas possuem o plastídeo espalhado no citoplasma e as suas divisões mais comuns são as pterophyta (samambaias), bryophyta (os musgos), as anthophyta (angiospermas, plantas com flores) e as coniferophyta (plantas que não possuem frutos). Hoje em dia a botânica se dividiu em antiga e moderna, onde a moderna usa conceitos de genética para sua evolução.

E falando nisso, outro tema muito requisitado da biologia em concursos públicos é a genética. Sendo ela responsável pelo o estudo dos genes, essa área busca o entendimento da transmissão das características biológicas de geração à geração a partir da reprodução. Em outras palavras, ela estuda o DNA e os genes dos seres vivos.

Exercícios comuns em concursos públicos de genética envolvem pequenas analises para descobrir se um individuo, ou outro, herdou as características de seus pais. Dividindo entre as características os genes dominantes e os genes recessivos. É importante entender que um gene dominante sempre terá mais chances de se manifestar em comparação à um recessivo.

Outra área muito requisitada é a citologia. Ela é responsável pelo estudo das células. Focando em suas estruturas, sejam externas ou internas, e sua importância para os seres vivos.

Toda célula apresenta em sua formação, membrana citoplasmática, mitocôndrias, núcleo, centríolos, peroxissomos, retículos endoplasmáticos, complexo de golgi e lisossomos. Cada parte possuindo vital importância no funcionamento da célula. As bactérias, fungos e vegetais, são as únicas que possuem a parede celular, que é uma maneira de protegê-las.

E por fim, temos a histologia. Área dedicada ao estudo dos tecidos biológicos, muito requisitada em concursos públicos. Ela ainda pode ser dividida entre histologia animal, humana e vegetal.

Assim como a citologia, seu avanço se deu pelo desenvolvimento dos microscópios, auxiliando a ver com maio precisão cada célula ou tecido.

Existem ainda alguns subtipos de tecidos que compõem a formação de um animal. São eles os endotélio (vasos sanguíneos), a mesênquima (células de preenchimento de órgãos) e o mesotélio (revestimento de cavidades).

No concurso público

Uma das coisas que precisa receber muita atenção é o edital do processo seletivo do concurso público. Nele são entregues ao candidato, todas as informações que ele precisará saber para realizar o processo seletivo. Uma dessas valiosas informações entregues é o conteúdo que é que será cobrado na avaliação. No caso da biologia, isso é um salva vidas.

Apesar dos editais apresentarem de uma forma generalizada quais os temas que serão cobrados, um divisor de águas para saber qual tema se aprofundar mais é o nível de exigência do processo seletivo.

Claro que possuem diversos níveis de conhecimento, mas para concursos públicos onde o candidato contratado não lidará com qualquer tema relacionado à biologia é muito improvável que temas mais específicos da biologia sejam exigidos, podendo montar a sua estratégia de estudos com base nos temas mais básicos.

Já para aqueles que se arriscam à cargos públicos relacionados à biologia a estratégia é diferente. Por estarem em contato direto com o tema diariamente, os organizadores provavelmente exigiram um conhecimento mais aprofundado, sendo assim, mesmo que você já possua um bom conhecimento, uma estratégia voltada para os temas mais técnicos é o ideal.

Dicas para os estudos

Além do desenvolvimento de estratégias de estudos para a sua preparação para o processo seletivo, como a administração do tempo disposto para os estudos e a importância de cada tema a ser estudado em relação à biologia, o uso de simulados apresenta ser uma das melhores saídas para quem pretende prestar um concurso público.

Os simulados são como ensaios das provas aplicadas nos processos seletivos. Além de auxiliarem ao mostrar sua deficiência de conhecimento perante algum tema na prova, eles também podem te ajudar na administração do tempo para a resolução de cada questão, já que esse é outro problema que os candidatos enfrentam.

Para a matéria de biologia focar em simulados de diversos níveis pode ajudar justamente ao indicar quais os temas que você acaba tendo um fraco de conhecimento. Outro ponto interessante a se prestar atenção é o funcionamento dos simulados e como eles são planejados.

Por serem considerados ensaios, muitos deles são feitos com base nas provas já aplicadas em concursos anteriores, sendo assim, as questões de biologia que você encontrar nos simulados podem indicar os temas mais requisitados nas provas, poupando tempo de estudos para sua estratégia.

 

 

Sobre Concurseiro Paulista

Sou ex-Oficial Aviador da Marinha e bacharel em Ciências Militares pela Escola Naval.Sou um dos responsáveis pelo site Concurseiro Paulista que já tem 16 anos de história. Venho nesse Blog passar toda a minha experiência, pois já consegui ser aprovado em 33 Concursos Públicos, entre eles Delegado Civil e Federal e tantos outros. A nossa missão e compromisso é ajudar você ser aprovado também.